Tarifas por temporada: descubra como lucrar mais

Verão chegando e com ele, pode ser uma ótima oportunidade de alavancar os negócios do seu hotel. Como a maioria das pessoas deixa para tirar férias nesta época do ano, por coincidir com o recesso escolar, a ocupação nos hotéis do litoral brasileiro, passam a ser mais os destinos preferidos dos turistas.

Com a maior procura por vagas na rede hoteleira é hora de pensar estrategicamente nas tarifas por temporada.

A tarifa por temporada é uma tarifa diferenciada da tarifa básica, ou seja, com ela é possível ter uma flexibilidade nos valores, de acordo com o período do ano.

Vamos começar nossa estratégia…

1.       Definir temporadas

O primeiro passo nessa estratégia é definir os períodos de temporadas do seu hotel.  

Caso você tenha um software de gestão hoteleira ele conseguirá lhe auxiliar, lhe gerando relatórios e gráficos que mostram os períodos de maior ocupação.

Com um calendário em mãos, comece a fazer um esboço dos períodos, assinalando as épocas com maiores ocupações, os finais de semana e feriados que mais tiveram procuras e as datas festivas da sua cidade. Compreender os ciclos de temporada do seu mercado lhe garantirá que você tenha maior rentabilidade numa alta e baixa temporada.

·         Alta temporada: 

Neste período você pode ter tarifas mais altas e também definir uma estadia mínima maior.

·         Média temporada: 

Neste período, que ocorre um pouco antes e logo após a alta temporada, os valores das tarifas podem ser um pouco mais elevados que a tarifa básica. Neste período, também é interessante não ter uma estadia mínima ou pelo menos reduzi-la, em comparação a alta temporada, a fim de garantir a disponibilidade de vagas.

·         Baixa temporada:

Este período é o de menor procura por leitos na sua região. É o momento de cobrar o valor da tarifa básica, a fim de garantir uma boa ocupação para a época.

Além da definição da alta, média e baixa temporada, outra oportunidade de ter uma tarifação diferenciada são os finais de semana e feriados. Muitos viajantes aproveitam essas datas para passear. Por exemplo, nas semanas entre natal e não novo ou no carnaval, são períodos já definidos como alta temporada no seu hotel, mas nestas datas, podem ter uma tarifa exclusiva. Ou no caso da sua cidade ter uma festa típica, na baixa temporada, que atraia muitos turistas, é o momento de ter uma tarifa especial para estas datas.

2 – Valores das temporadas

Dependendo da época e da região, alguns turistas costumam reservar os quartos com vários meses de antecedência, por isso, é preciso ter alguns cuidados para definição das tarifas e acabar não tendo o lucro esperado.

Com a alta da inflação, itens do café da manhã têm sofrido reajustes, com isso, as tarifas já definidas podem apenas vir a cobrir as despesas básicas.

Uma dica neste quesito é definir com uma antecedência de 06 meses, sendo revisado constantemente os valores a serem cobrados.

3- Controle dos valores definidos

Após definir os períodos e os valores das tarifas de cada temporada, é hora de colocar a estratégia em prática.

Para ajudar a fazer este tipo de controle, a melhor solução é o auxílio de um sistema de gestão, como o Sami Hoteleiro, que lhe permite fazer toda esta definição de tarifação diferenciada.

Apenas com a configuração das datas das temporadas, o sistema já emite as comandas com os valores definidos.

Como vimos, aumentar a receita do seu hotel não é uma tarefa impossível, basta que sejam aplicadas boas estratégias de tarifação.

Entre em contato com nossos consultores e comece agora a lucrar mais, com o auxílio do Sami Hoteleiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *