Hotel pet-friendly: a nova tendência do mercado

Uma forte tendência no mercado hoteleiro nos últimos anos são os hotéis pet-friendly. Companheiros indispensáveis, os pets ganham cada vez mais espaço nas viagens de família e podem ser vistos com mais frequência no lobby de muitos hotéis. 

Se seu hotel ainda não é pet-friendly, saiba que esta condição representa um grande diferencial diante da concorrência e seu negócio poderá estar perdendo ótimas oportunidades em oferecer esta possibilidade aos hóspedes.  

Mas não basta apenas dizer que seu hotel é pet-friendly. Antes de permitir que seus viajantes se hospedem com seus animais é necessário criar uma estrutura no seu hotel para recebê-los. 

Por isso, antes de sair classificando seu hotel como pet-friendly, é preciso avaliar se seu hotel ou pousada possui estrutura e se vale a pena oferecer este tipo de serviço. 

Mas afinal, o que é ser um hotel pet-friendly?

Ser considerado um hotel pet-friendly significa que seu estabelecimento aceita hospedar animais de estimação e que este possui estrutura para acomodá-los.

É necessário para isso, que todos os funcionários estejam preparados para tratar bem estes companheiros e que disponibilize alguns espaços, programações e serviços para atendê-los. 

Vale a pena investir nesta tendência? 

Hoje no Brasil, a população pet é a terceira maior do mundo. Conforme estimativas, a população de cães e gatos gira em torno de 82 milhões. Ou seja, grande parte das famílias brasileiras contam com algum animalzinho como parte integrante dela.

Para se ter noção sobre os reflexos destes números, houve em 2020 um aumento de 300% de pesquisas no Google por hotéis que aceitam animais de estimação em suas acomodações. 

Conforme dados coletados pela TripAdvisor, 53% dos donos de pets só viajam com seus bichinhos de estimação e 35% deles, acabam fazendo viagens mais curtas por conta dos seus animais. 

De olho neste público, muitos estabelecimentos já vêm aderindo a esta tendência, o que fez crescer em 35% o número de ofertas de hotéis e pousadas pet-friendly em todo o país. 

Qual a estrutura necessária para um hotel ser classificado como pet-friendly?

Antes de colocar a plaquinha de bem-vindos aos animais de estimação é preciso avaliar alguns pontos para saber se realmente vale o investimento na adaptação da estrutura do hotel.

Primeiro ponto a ser analisado é o público-alvo do seu hotel, trata-se de hóspedes que costumam se hospedar mais em função de viagens de trabalho ou de férias? 

Apesar de atrair alguns clientes a mais, será que o público já conquistado tem realmente interesse neste tipo de serviço?

Segundo ponto: limpeza dos quartos e higienização das roupas de cama. Após receber um pet num quarto é necessário que haja uma limpeza mais rigorosa antes de receber outro hóspede. 

E um terceiro ponto muito importante a ser levado em consideração é a adaptação dos espaços que permitem a circulação dos animais. Por exemplo, pisos acarpetados não são recomendáveis para oferecer este tipo de serviço. Neste caso, vale a pena alterar a decoração do ambiente para receber estes hóspedes? 

Crie uma política de regras específicas

Outro passo importante a ser adotado é uma política de regras específicas para a hospedagem dos animais de estimação. 

Essa regulamentação é importante para proteger seu hotel, pois deixará os tutores cientes do que pode ou não fazer com o seu pet dentro do seu estabelecimento.

Segue algumas ideias de regras a serem aplicadas para a boa estadia: 

• Tipos de animais: defina quais são os tipos de animais que seu hotel está apto para receber; 

• Porte dos animais: estipule o peso e tamanho máximo dos bichinhos que serão aceitos; 

• Documentação: exija que seja apresentada no check-in a carteira de vacinação atualizada;

• Identificação: solicite que os pets sejam identificados com nome e telefone de contato, para caso se percam dentro das dependências do hotel; 

• Restrições de uso de espaços do hotel: estabeleça quais as áreas comuns do hotel os bichinhos podem circular. 

• A circulação dos animais pelo hotel deve ocorrer somente com utilização de guia;

• Diárias para pets: caso seu estabelecimento cobra alguma taxa para hospedar os bichinhos junto, deixe claro os valores nas regras da reserva; 

• Necessidades fisiológicas: informe que é de responsabilidade do tutor a limpeza e recolhimento das necessidades fisiológicas;

• Determine valores a serem cobrados em casos de destruição ou utilização de itens do hotel pelos animais.

• Utensílios dos pets: informe se será oferecido pelo hotel (caminha, potes de ração, tapete, etc.) ou se será de responsabilidade do dono os utensílios para o bem-estar do pet;

Na hora de criar as regras sobre a hospedagem de pets, analise bem sua estrutura. A partir disso, você conseguirá montar uma política clara, sobre o que os hóspedes podem e o que não podem fazer com o pet dentro do seu hotel. 

Ofereça serviços pet

Além de receber bem nossos amigos de 4 patas, é interessante oferecer aos hóspedes alguns mimos e serviços diferenciados. Além de fidelizar o cliente, seu hotel pode se destacar como referência na categoria. 

Veja algumas dicas que podem ser oferecidas e que vão surpreender os donos dos pets:

– Ofereça biscoitinhos no check-in;

– Disponibilize bebedouros para os animais nos locais permitidos;

– Adicione nos quartos uma caminha para os peludos;

– Se houver espaço no jardim, inclua alguns brinquedos para os pets;

– Disponibilize um espaço para as necessidades fisiológicas com saquinhos higiênicos;

– Adapte um tapete higiênico nos quartos;

– Faça parcerias com prestadores de serviços, oferecendo serviços veterinários, banho e tosa, cuidadores, produtos para pet, etc; 

Adotar algumas destas ações mostrará que de fato os peludinhos são bem-vindos 

Use o fato do seu hotel ser pet-friendly para se destacar

Tudo adaptado para receber os animaizinhos de estimação é hora de dar destaque para este diferencial do seu hotel e atrair os turistas que desejam viajar com seus bichinhos.

Adicione esta informação no site, nas redes sociais e nos portais de viagens. Desta forma, será mais fácil os clientes interessados nesta categoria de serviço localizarem seu estabelecimento.  

E aí, no seu hotel, você tem interesse em adaptar esta nova tendência? Deixe seu comentário sobre suas dúvidas para oferecer mais esse serviço para seus clientes! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *