Alavanque seu hotel com o auxílio das OTAs

Atualmente, com o crescimento de vendas online de produtos e serviços, as OTAs se fortaleceram e muitas delas já têm sua marca lembrada para os consumidores que buscam direto na internet por pacotes de viagem.

Mas afinal, o que é OTA?

A sigla OTA vem do inglês: Online Travel Agency). Em português significa agência de viagem online. Esta sigla refere-se a empresas que oferecem passagens aéreas, hospedagens e pacotes de viagens.

Como exemplo marcante destas agências temos Tripadvisor, Hurb, Decolar e Booking.

Atualmente, o próprio Google já vem tendo sua presença nas buscas por hospedagens e pacotes de viagem devido a facilidade de entrega da pesquisa para os usuários.  O Google Hotel Search é um buscador de hotéis e com certeza, em breve se tornará um OTA.

Quais as vantagens de anunciar com uma OTA?

O perfil do consumidor vem mudando a cada dia, as pessoas estão comprando mais pela internet, buscando mais facilidades e praticidade.  Em função da pandemia, esta mudança de perfil foi acelerada. O e-commerce teve no ano de 2021 um crescimento de 31% nas vendas.

 Com esta mudança comportamental, todos os setores da economia precisaram se adaptar para continuar mantendo suas vendas.

No mercado hoteleiro, o investimento em marketing digital, com presença ativa nas redes sociais e um site bem elaborado, com integração de um motor de reservas, se fizeram necessários para equilibrar as receitas.

Mas, além disso tudo, é preciso que os consumidores cheguem até o site do hotel para fechar as reservas. Neste ponto é que as OTAs se fazem necessárias, pelo fato delas já terem sua marca reconhecida, o que garante confiabilidade e pelo fato de concentrarem várias ofertas de hospedagem em uma única página, proporcionando melhor experiência aos usuários.

Desta forma, os consumidores conseguem comparar preços e serviços ofertados de forma mais prática. Além é claro, de ver as avaliações de outros hóspedes sobre o estabelecimento.

Segundo pesquisas da Booking, 70% dos hóspedes pesquisam as ofertas no portal deles primeiro e depois acessam o site do próprio hotel para pesquisar mais detalhes antes de fechar a reserva. Isso demonstra de forma concreta que, com o auxílio das OTAs haverá mais tráfego na página do hotel.

Toda esta visibilidade trazida pelas OTAs acaba se traduzindo numa procura e no aumento das reservas.

Então, quais os contras de anunciar com uma OTA?

Apesar de todo o retorno trazido pelas OTAs, muitos hoteleiros reclamam e ainda resistem em anunciar suas reservas nestes portais, pois há pagamento de comissão para estas agências pelo serviço ofertado.

Estas taxas geralmente ficam em torno de 13%, o que para afetar a margem de lucros da empresa, o que acabaria tendo que ser repassado para o consumidor, com valores maiores das diárias.

Mas se pararmos para calcular, será que estes 13% é de fato um gasto ou será que ele é um investimento?

Vamos colocar na balança:

– Qual o valor de campanha patrocinada no Google seu hotel teria que aplicar para ter a quantidade de leads que a OTA lhe proporciona?

– Quantas reservas por mês são geradas através da OTA, que não seriam vendidas de forma direta? Quanto estas reservas representam na margem de lucros do hotel?

– Quantas reservas são feitas diretamente, mas que foram oriundas da OTA?

Somando todos estes valores, a comissão paga pela OTA é uma despesa que acaba se diluindo no aumento da receita gerada.

 Use as OTAs como aliadas

Se após fazer os cálculos e perceber que as agências de viagens são mais benéficas para os negócios, então é hora de incluí-las no planejamento estratégico do hotel.

Estes portais das agências possuem uma API por trás que visa identificar quais as empresas geram mais lucros para eles. Ou seja, hotéis que se mantêm com suas reservas constantes são melhores ranqueados dentro da página.

Sendo assim, a dica neste caso é evitar estar cancelando a disponibilidade das reservas nos finais de semana e nos períodos de alta temporada, quando a procura é maior e voltar a ofertar somente durante a semana ou baixa temporada.

Neste caso, uma estratégia que pode ser adotada é a tarifação por temporada, onde pode estar aplicando valores diferentes para as diárias. 

Além de estar bem posicionado, seguem outras dicas para ajudar a alavancar suas reservas dentro das OTAs:

– Tenha boas fotos das instalações do hotel: ao pesquisar na internet, para um novo cliente que ainda não conhece seu estabelecimento, a decisão entre um hotel ou outro pode ser feita baseada nas imagens do local.

– Informações relevantes: pode ser algum dado simples, mas para um hóspede pode fazer muita diferença. Informações como estacionamento no local, café da manhã incluso, se aceita pets, frigobar, wi-fi e um secador de cabelo disponível no quarto. Estes detalhes podem ser decisivos para escolha.

– Cadastro sempre atualizado: manter a disponibilidade das reservas sempre atualizada é imprescindível para se evitar um overbooking. Para isso, recomendamos o auxílio de um sistema de gestão hoteleira, que possui uma tecnologia chamada Channel Manager, que é um gerenciador de canais, que permite controlar todos os portais de reservas em um único lugar. Desta forma, todas as reservas do seu hotel são atualizadas em tempo real, em todas as OTAs.

– Avaliação: incentive seus hóspedes a avaliarem como foi a hospedagem no seu hotel. Usar a experiência de uma pessoa ajuda a conquistar outros clientes com o mesmo interesse. Os depoimentos positivos ajudam a classificar melhor dentro do buscador.

Como vimos, as agências de viagens online proporcionam uma grande oportunidade de novos negócios, atingindo turistas do mundo todo.

Caso ainda não esteja anunciando seu hotel numa OTA, avalie as possibilidades de investir nestes portais, procurando os que melhor atenda sua região e o seu tipo de estabelecimento.

Comece investindo numa única OTA para ver o retorno financeiro que ela pode lhe proporcionar. Se a experiência for positiva, passe a investir em mais de uma plataforma e torne as agências de viagem uma aliada para seus negócios. 

Gostou das nossas dicas? Quer saber mais notícias do mercado hoteleiro? Então assine nossa newsletter para ficar bem informado! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *